Google+ Followers

Google+ Followers

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Recados, Mensagens e Frases para o Ano Novo

Contagens regressiva para o Novo Ano que se aproxima...

Feiliz 2015!

























Feliz Ano Novo!

Veja abaixo outros artigos relacionados ao Natal e Ano Novo:


Como Surgiu o Ano Novo.

Ano Novo: como surgiu?
Saiba como o réveillon apareceu nas culturas ocidentais e orientais




Fogos de artificio grande

No calendário tradicional ou “folhinhas” o primeiro dia do ano aparece como data da Confraternização Universal. Porém, como surgiu essa tradição? Será que ela também faz parte das tradições orientais ou só está presente no mundo ocidental? A Confraternização Universal comemora a chegada de mais um ano, mas não é celebrada apenas no dia 31 de dezembro em alguns países do mundo.

Como funcionam as comemorações fora do dia 31?

Nas comunidades judaicas o calendário seguido é chamado de lunar. Para eles, o mês de renovação começa em setembro e vai até outubro.O Rosh Hashaná, ou Ano Novo, é comemorado em dois dias. O mês é chamado de Tishrê. Nos países islâmicos, o Ano Novo é celebrado em maio, período do aniversário da Hégira (em árabe, “emigração”).

Já na China, a virada de ano ocorre no 23º dia do último mês lunar. Diversos rituais específicos, inclusive ligados aos animais, ocorrem na China.


Ano Novo na China

Em alguns países do ocidente a comemoração começa antes do dia 31 e em horários diferenciados. No Brasil, a tradição recomenda que o ano novo seja iniciado à meia-noite do dia 31 de dezembro.

O que fazem os países que adotaram o dia 31?

Nos países em que o 31 de dezembro foi adotado como tradição as festas são muito badaladas. É o momento de reunião das famílias, confraternização entre amigos e muita alegria. Todos ficam em vigília até o horário da meia-noite. Na hora que o relógio aponta a chegada de um novo ano muitas são as congratulações. Algumas pessoas apostam em diversas simpatias para receber os próximos 12 meses.

A principal simbologia do ano novo está em vestir rouba branca. É um sinal de paz. A bebida mais utilizada nos festejos da virada de ano é o champanhe.

Fogos de artifício


Fogos de artifício em Copacabana

Nas cidades em que há praias, os shows pirotécnicos são muito badalados. Queimar fogos de artifício é um exemplo de comunicação de que o ano novo já chegou. Em outros casos, há oferendas de alimentos, flores e bebidas para os deuses da religião afro. O principal deles é Iemanjá. Na umbanda, ela é considerada a rainha do mar.


Oferendas - Praia da Ponta-Negra em Manaus

Outra tradição do ano novo é a ceia. No preparo, ingredientes como lentilha, diversos grãos, romã, frutas com grãos vermelhos e alimentos que representam a prosperidade. Essa tradição já está tão enraizada que algumas pessoas fazem até mesmo simpatia com tais alimentos: guardar sete sementes de romã na carteira. Assim, não faltará dinheiro em todo o ano.



Mais do que a história do ano novo, vale a pena entender que o real sentido do ano novo deve estar em cada indivíduo. Para isso, fazer realmente valer a pena e não deixar apenas que a simbologia esteja presente apenas no momento da virada.


Já definiu as suas metas para o ano de 2015? Como vai planejar os estudos? Quais são as principais dificuldades a serem vencidas?

FELIZ ANO NOVO!

Que seja um ano de mudanças, renovação e muitas bençãos e alegrias!
Paz e Luz para 2015! :* ♥

Fonte: colegioweb.com.br


- Blog INFORMATIVO - 

Tenho como propósito neste Blog, mantê-lo sempre atualizado e com novidades. Faça sua busca na caixa de pesquisa e seja sempre Bem Vindo!  Agradeço pela atenção! 

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

domingo, 21 de dezembro de 2014

Solstício de Verão

Na astronomia, solstício (do latim sol + sistere, que não se mexe) é o momento em que o Sol, durante seu movimento aparente na esfera celeste, atinge a maior declinação em latitude, medida a partir da linha do equador.


Os solstícios ocorrem duas vezes por ano: em dezembro e em junho. O dia e hora exatos variam de um ano para outro. Quando ocorre no verão significa que a duração do dia é a mais longa do ano. Analogamente, quando ocorre no inverno, significa que a duração da noite é a mais longa do ano.

No hemisfério norte o solstício de verão ocorre por volta do dia 21 de junho e o solstício de inverno por volta do dia 21 de dezembro. Estas datas marcam o início das respectivas estações do ano neste hemisfério. Já no hemisfério sul, o fenômeno é simétrico: o solstício de verão ocorre em dezembro e o solstício de inverno ocorre em junho. Os momentos exatos dos solstícios, que também marcam as mudanças de estação, são obtidos por cálculos de astronomia (consulte a tabela abaixo para os valores de alguns anos).

Data e hora UTC dos solstícios e equinócios entre 2002 e 20201
Ano Equinócio
Março Solstício
Junho Equinócio
Setembro Solstício
Dezembro


Dia Hora Dia Hora Dia Hora Dia Hora

2002 20 19:16 21 13:24 23 04:55 22 01:14
2003 21 01:00 21 19:10 23 10:47 22 07:04
2004 20 06:49 21 00:57 22 16:30 21 12:42
2005 20 12:33 21 06:46 22 22:23 21 18:35
2006 20 18:26 21 12:26 23 04:03 22 00:22
2007 21 00:07 21 18:06 23 09:51 22 06:08
2008 20 05:48 20 23:59 22 15:44 21 12:04
2009 20 11:44 21 05:45 22 21:18 21 17:47
2010 20 17:32 21 11:28 23 03:09 21 23:38
2011 20 23:21 21 17:16 23 09:04 22 05:30
2012 20 05:14 20 23:09 22 14:49 21 11:11
2013 20 11:02 21 05:04 22 20:44 21 17:11
2014 20 16:57 21 10:51 23 02:29 21 23:03
2015 20 22:45 21 16:38 23 08:21 22 04:48
2016 20 04:30 20 22:34 22 14:21 21 10:44
2017 20 10:29 21 04:24 22 20:02 21 16:28
2018 20 16:15 21 10:07 23 01:54 21 22:23
2019 20 21:58 21 15:54 23 07:50 22 04:19
2020 20 03:50 20 21:44 22 13:31 21 10:02

Devido à órbita elíptica da Terra, as datas nas quais ocorrem os solstícios não dividem o ano em um número igual de dias. Isto ocorre porque quando a Terra está mais próxima do Sol viaja mais velozmente do que quando está mais longe, em conformidade com a segunda lei de Kepler.

Os trópicos de Câncer e Capricórnio são definidos em função dos solstícios. No solstício de verão do hemisfério sul, os raios solares incidem perpendicularmente à superfície da Terra no Trópico de Capricórnio. No solstício de verão do hemisfério norte, ocorre o mesmo fenômeno no Trópico de Câncer.


Referências culturais

Em várias culturas ancestrais à volta do globo, o solstício de inverno era festejado com comemorações que deram origem a vários costumes hoje relacionados com o Natal das religiões pagãs. O solstício de inverno, o menor dia do ano, a partir de quando a duração do dia começa a crescer, simbolizava o início da vitória da luz sobre a escuridão. Festas das mitologias persa e hindu referenciavam as divindades de Mitra como um símbolo do "Sol Vencedor", marcada pelo solstício de inverno. A cultura do Império Romano incorporou a comemoração dessa divindade através do Sol Invictus. Com o enfraquecimento das religiões pagãs, a data em que se comemoravam as festas do "Sol Vencedor" passaram a referenciar o Natal, numa apropriação destinada a incorporar as festividades de inúmeras comunidades recém-convertidas ao cristianismo.

Propriedades

Na linha do equador a duração dos dias é fixa ao longo das estações do ano com 12 horas de luz e 12 horas de noite (ver cálculo da duração do dia para latitude de 0°). Desse modo os solstícios nessa linha não podem ser obtidos através de dias ou noites mais longas e somente podem ser observados através do dia em que o Sol atinge a menor elevação no meio-dia local, podendo o azimute dessa elevação do Sol estar orientado para o norte (solstício de verão no hemisfério norte) ou para o sul (solstício de verão no hemisfério sul). Na linha do equador não há como dizer se um solstício é de verão ou de inverno uma vez que demarcam a separação dos hemisférios norte e sul da Terra.

Nas linhas dos trópicos de Câncer e Capricórnio, os solstícios de verão respectivos a cada hemisfério da Terra coincidem com o único dia do ano em que os raios solares incidem perpendicularmente.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Viajando de Carro com o Papai Noel

O vasto e extenso mundo de Papai Noel!

E vejam só, não é somente em seu trenó e renas que ele gosta de viajar. 
Separei algumas imagens - Cartões Postais - de nosso bom velhinho, passeando e dirigindo Carros.
Sim, isso mesmo...Carros! ^^











































Gostaram? Espero que sim! ^^
Adoro tudo que esteja ligado a temas enraizados que nos remete a analisar as imagens e tirarmos assim nossas conclusões...